AJUDE A RÁDIO A CONTINUAR NO AR!

AJUDE A RÁDIO A CONTINUAR NO AR!

Doe e ajude a Ipanema Comunitária a continuar existindo.

domingo, 2 de maio de 2021

SEMANA DA COMPOSTAGEM TEM EDIÇÃO INEDITA EM PORTO ALEGRE


No próximo domingo (02/05) inicia a primeira edição da Semana da Compostagem em Porto Alegre, uma plataforma de mobilização social para quebrar paradigmas, orientar, ensinar e tirar dúvidas sobre a prática de reciclagem de resíduos orgânicos.

O evento idealizado pelo Instituto Lixo Zero Brasil tem o objetivo de incentivar as práticas e destacar os benefícios da compostagem para as pessoas, comunidades, empresas, instituições, governos, cidades e sociedade em geral.

O Lixo Zero Porto Alegre irá apoiar as ações promovidas por empresas e iniciativas locais de compostagem. Mais de 10 ações estão previstas e a programação pode ser conferida no link da bio do Instagram @lixozeropoa, a partir de sexta-feira, dia 30/05.

Lançamento do Ebook COMPOSTAGEM: POR ONDE COMEÇAR?

Durante o evento também será lançado o Ebook COMPOSTAGEM: POR ONDE COMEÇAR? Dicas práticas e um guia dos composteiros de Porto Alegre e Região, para quem deseja entender mais sobre o tema compostagem, se inspirar com exemplos e saber por onde começar. O lançamento deste Ebook ocorrerá no dia 07 de maio (Sexta feira) às 12h, em uma live no canal do Lixo Zero Porto Alegre do Youtube.

Antes de compostar, é preciso separar os resíduos

O primeiro passo é não misturar os resíduos para viabilizar tanto a reciclagem como a compostagem. A premissa básica da metodologia Lixo Zero é a separação dos resíduos em 3 frações: recicláveis, orgânicos e rejeitos.

A engenheira ambiental, embaixadora do ILZB em Porto Alegre e fundadora da Nuvem Ambiental, Nicole Portela, orienta sobre o tema: “Resíduos orgânicos são restos de comida, cascas e talos de frutas e legumes, podas de árvores, entre outros. Já os rejeitos são aqueles resíduos que não possuem viabilidade técnica e/ou econômica para reciclagem ou compostagem, por exemplo: papel higiênico e fraldas sujas, fita adesiva, fio dental. Infelizmente diversos municípios permitem a mistura dos resíduos orgânicos com os rejeitos e destinam ambos juntos para o aterro sanitário, já parou pra pensar o quanto é cara essa conta? Tanto para o nosso bolso como para o meio ambiente. Essa realidade precisa ser diferente: aterro sanitário só para rejeitos e os resíduos orgânicos precisam ser compostados.”

Temática 2021: Crescer, comer, compostar e repetir este ciclo.

Este ano o tema da Semana da Compostagem é baseado no movimento circular do processo de reciclagem de resíduos orgânicos, fluindo do campo para a mesa e da mesa para o campo novamente. Este processo circular transforma a gestão de resíduos e proporciona solos saudáveis, levando a frutas e vegetais mais ricos em nutrientes, com os restos voltando para serem compostados e o processo reiniciado. O composto adiciona carbono de volta ao solo, promove o controle da erosão e fecha o ciclo, evitando a perda de valiosos recursos orgânicos.

Viviane Noda, que trabalha com comunicação regenerativa na mídia independente PorQueNão? - uma das idealizadoras do documentário “Compostagem, PorQueNão?”, disponível gratuitamente no YouTube - expõe sua percepção de que “a compostagem é a porta de entrada para uma vida mais ecológica. É o ciclo que une a cozinha e a agricultura. Se comemos 3 vezes por dia, e tivermos uma alimentação saudável, nosso resíduo orgânico será rico para retornar ao solo novamente como mais comida. Uma vez fazendo compostagem, não há quem consiga misturar os resíduos secos e molhados novamente. É o caminho para um futuro mais harmônico.”

Desde a compostagem individual em apartamentos e quintais, passando pela compostagem comunitária, instalações de compostagem em grande escala e também em propriedades rurais, este recurso fornece uma opção ecologicamente responsável para o gerenciamento e tratamento dos nossos resíduos orgânicos.

Bruno Steyer, Engenheiro Ambiental e fundador da Minhoca Urbana, conta: “Compostagem é uma grande conexão do ser humano com a terra, a ser vivenciada até mesmo dentro de um apartamento. Compostagem é descobrir um mundo novo, cheio de transformações físico-químicas e biológicas, ver um alimento mofado gerar vida novamente. Compostagem é se maravilhar ao receber mudinhas dos microrganismos e minhocas, sentindo que de certa forma a natureza está nos agradecendo por estarmos devolvendo fertilidade a ela.”

Quando acontecerá em Porto Alegre?

O evento ocorre simultaneamente em outras cidades brasileiras entre os dias 02 e 08 de maio. Esta será a 1ª edição do evento em Porto Alegre, e faz parte de um calendário repleto de iniciativas em prol da sustentabilidade desenhado pelo ILZB. Mais informações sobre o evento podem ser acompanhadas no Instagram do Lixo Zero Porto Alegre @lixozeropoa.

Na capital, as ações do Instituto Lixo Zero Brasil são conduzidas por quatro empresas de impacto socioambiental: Nuvem Ambiental, Thays do Nascimento Marketing Verde, Ellta Ambiental e Saneamento e Ciclo Sem Lixo.

O Instituto Lixo Zero Brasil

O Instituto Lixo Zero Brasil (ILZB) é uma organização civil e sem fins lucrativos que faz parte do Zero Waste International Alliance. Fundado em 2010, tem como objetivo disseminar o conceito de lixo zero e articular programas de conscientização, destacando a importância da certificação, reestruturação e controle sobre o lixo que produzimos.

Onde:

No canal do Youtube do Lixo Zero Porto Alegre - https://bit.ly/3kIum99

Na página do Instagram do Lixo Zero Porto Alegre - https://bit.ly/2NMbeeB

Mais informações:

Embaixadoras do Instituto Lixo Zero Brasil em Porto Alegre/RS:

Nicole Portela - (51) 99720-2415

Paula Moletta - (51) 99761-1794

Thays Nascimento (51) 99371-4477

Anna Spotorno - - (51) 98208-0850

slzpoa@gmail.com

Nenhum comentário: